ADS

Movimento Mães que oram pelos filhos tem transformado a vida de mulheres na paróquia Ascensão do Senhor

A transformação da água em vinho durante as bodas em Caná é considerado como o primeiro dos milagres de Jesus. E ele só aconteceu após um pedido de sua mãe Maria. A característica de intercessora atribuído à Nossa Senhora surge daí. Se toda oração é poderosa, imagine a de uma mãe intercedendo por um filho? E foi assim que em 30 de março de 2011, o Grupo de Mães da Paróquia São Camilo de Lélis, em Mata da Praia, Vitoria (ES), criou o movimento "Mães que oram pelo filhos".

Tudo começou quando uma mãe comprou o livro intitulado “Todo filho precisa de uma mãe que ora”, e compartilhou com a amigas o desejo de orar pelos filhos. Assim surgiu o grupo, no início com poucas mães carregadas de uma vontade muito grande de interceder pelos seus filhos. A demanda inicial era buscar ajuda e orientação para a educação religiosa dos filhos diante do contexto atual e aprender a orar e interceder por eles. O projeto teve resultados imediatos, e assim, o número de mães começou aumentar gradativamente, como também as graças recebidas e compartilhadas.

Em dezembro de 2014, o grupo de mães passou a ser um Movimento reconhecido pela Arquidiocese de Vitória do Espírito Santo, tendo como orientador espiritual Pe. Anderson Gomes, que solicitou a organização do manual e do regimento. No Encontro O poder da mãe que ora, transmitido para o mundo pela Canção Nova, o movimento ganhou corpo e velocidade. A ideia foi abraçada por muitas mães com o apoio de seu pároco.

Na paróquia Ascensão do Senhor, o movimento chegou em 2017 através de Luciana Gomes, que conheceu o movimento através da Canção Nova e sentiu o desejo de fazer parte quando escutou testemunhos de muitas mães que conseguiram resgatar seus filhos pela força da oração. O grupo da Ascensão do Senhor se reúne todas as terças-feiras, às 19 horas na Igreja.

"Deus colocou no meu coração o desejo de fazer um encontro das "Mães que oram pelo filhos" em Salvador, então fui colocando em oração aonde poderia ser os encontro semanais. Tive a oportunidade de marcar um encontro com Padre Manoel para o dia 26 de novembro de 2017 e fui surpreendida com o desejo dele de implantar o movimento na Ascensão do Senhor. Horas antes do nosso encontro, havia recebido a imagem de Nossa Senhora Salete e o convite foi uma confirmação de que esta paróquia era o local escolhido para as reuniões", afirma Luciana Gomes.

Padre Manoel tornou-se o orientador espiritual do grupo e desde então acompanha de perto as mães que oram pelos filhos. Reunir mães que Oram pelos Filhos, por todos os filhos, é o que de melhor podemos fazer na paróquia.

Se as terças são importantes para cada uma das mães que vai até o local rear por seus filhos, a do dia 8 de maio foi ainda mais especial. O grupo recebeu a fundadora do Movimento, Ângela Abdo e o padre Daniel Aguirre, do Santuário Nossa Senhora Salete, que fica em Caldas Novas/Goiás, quando o padre Manoel Filho foi anunciado Diretor Espiritual do Movimento para todo o estado da Bahia.

Voltar